VOCÊ ESTÁ LENDO

Entre o céu e a terra

Entre o céu e a terra

Num primeiro olhar, ele parece apenas mais um parque. Já foi estampado em páginas internacionais, personagem principal de variadas histórias e eleito símbolo de vida artística. Ele não se cansa. Seus visitantes muito menos. Afinal, no passo a passo de uma longa caminhada, o que se tem é um campo de descobertas. Localizado em Brumadinho, Minas Gerais, o Inhotim – Instituto de Arte Contemporânea e Jardim Botânico é referência internacional quando os assuntos são arte e flora. Se a princípio, a ideia de visitar um parque ao mesmo tempo em que se admira obras primas espalhadas a céu aberto, parece uma pequena loucura, acredite que a experiência é uma das mais ricas. De um lado, o turista que chega aqui contempla, nos jardins e museus, 500 obras contemporâneas de mais de 100 artistas celebrados, caso de Helio Oiticica, Tunga, Cildo Meireles, Miguel Rio Branco, Paul McCarthy, Adriana Varejão, Larry Clark, Jarbas Lopes, Vik Muniz, Nuno Ramos, entre outros. Não há como passar despercebido pelos fuscas coloridos da obra Troca-troca, de Jarbas Lopes, ou não gastar alguns minutos diante das vigas de construção, com mais de 40 metros de altura, trazidas por Beam Drop Inhotim, de Chris Burden. No entanto, se a observação do universo artístico implica reflexão sobre as motivações de cada criador, no entorno de algumas esculturas e instalações, o azul do céu e o e verde das plantas constroem composições artísticas naturais, que emocionam e retém atenção sem que para isso, tenha sido gasta uma única gota de tinta. Espalhadas pelas fronteiras do Instituto estão 1400 espécies de palmeiras – considerada a maior coleção do mundo –, além de 181 famílias botânicas, que também contribuem para que Inhotim se destaque como o centro com o maior número de plantas vivas, se comparado aos demais jardins botânicos do Brasil. Nada mal, não?
Penetrável Magic Square # 5 por Ana María León
Penetrável Magic Square # 5 por Ana María León

Serviço:
Horário de funcionamento
Terça a sexta: 9h30 às 16h30
Sábado, domingo e feriado: 9h30 às 17h30

Valor da entrada
Terça – Gratuita
Quarta e Quinta – R$ 20,00
Sexta, sábado, domingo e feriados – R$ 28,00

Na foto acima, Beam drop Inhotim 2008, de Chris Burden. Foto: Elderc

Para saber mais:
www.inhotim.org.br


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »