VOCÊ ESTÁ LENDO

Aracaju: é só amar

Aracaju: é só amar

Não se sabe ao certo quem nasceu primeiro: se a beleza ou se a cidade de Aracaju. Encravada no coração do Estado de Sergipe, a capital é cercada de diversas maravilhas naturais que saltam aos olhos. Se duvidar, passe direto para os 35 quilômetros de faixa litorânea, onde estão as praias de Atalaia, Aruana, Robalo, Náufragos, Refúgio ou Mosqueiro que cultivam algumas raridades da natureza como um belo e tranquilo mar em harmonia com coqueirais e raios do sol. Dignas de muitas fotos e um lugar especial na memória, nestas praias está impresso o estilo de vida que perseguirá todo sua estadia. Que estilo de vida? Aquele que mostra como o dia-a-dia pode ser perfeito, se movido a banho em águas salgadas e temperado com as especiarias locais.

Para não perder o ritmo da vida boa iniciada lá nas praias, na Passarela do Caranguejo, um local que agrega um grande complexo de bares e restaurantes com alguns dos principais pratos da culinária sergipana, simplesmente desfrute das boas sensações que surgirão no paladar. Não arrede o pé, antes de saborear as moquecas ou as casquinhas de siri, pois, ambas são de lamber os lábios. A fatura de frutas é outro ponto que chama a atenção, e neste ponto vale a pena abrir um pequeno espaço e se deliciar com sucos de cajá, mangaba, graviola e cacau.
ATALAIA
Toda beleza e tranquilidade da praia de Atalaia

Com as energias recarregadas pelos ótimos temperos locais, o Centro Histórico te aguarda. Cercado de casarões antigos, monumentos, praças, mercados, centros de artesanato, museus e igrejas, o local é história viva da evolução de Aracaju. Neste cenário destaca-se o Palácio Olímpio Campos, construído em 1863, seguindo características neoclássicas e hoje tombado como Patrimônio Histórico, o edifício foi sede do Governo e residência de alguns governantes. Ainda em ambiente cultural, outra sugestão é o Museu do Homem Sergipano, que remonta através de pesquisa, documentos e objetos, a evolução do Estado. Na face religiosa, despontam a Igreja São Salvador – a primeira construída em Aracaju -, cuja fundação ocorreu em 1857, e a Catedral Metropolitana, que se diferencia entre os edifícios da cidade por possuir em sua cúpula pinturas que datam do século 19. Do alto, é possível ter uma bela vista.

Ficar longe da praia não é tarefa das mais simples, e, na verdade, você não precisa encarar este desafio. A sugestão, ao contrário, é curtir a Orla de Atalaia, onde a diversão para todos os tipos de público está garantida, principalmente, se você curtir esportes, já que o lugar inclui variedade de quadras (de tênis e vôlei), campo de futebol de areia, 22 rampas de skate, parede de escaladas, entre outros equipamentos. Contudo, se os exercícios físicos não fazem parte do pacote, ainda na orla está o Oceanário de Aracaju, que em formato de tartaruga abriga 20 aquários que apresentam a diversidade de flora e fauna marítima. Há peixes, tartarugas e muitas outras espécies. Já no Centro de Arte e Cultura de Sergipe, os turistas têm a oportunidade de conhecer o melhor do artesanato local, com destaque para as peças de palha e barro vendidas nas lojinhas que formam um pequeno exército de souvenires.

Raio-X
Cidade: Aracaju
Estado: Sergipe
Gentílico: aracajuano
Clima: tropical
DDD: (79)

Para saber mais:
Visit Sergipe visitsergipe.com


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »