Um dia de Corleone

A designação Corleone parece carregar certo mistério. Assim era o sobrenome de Vito, mafioso de olhar penetrante, deliciosamente interpretado por Marlon Brando, em O Poderoso Chefão. Em São Paulo, o nome ressurge na Barbearia Corleone que se apresenta com todos os predicativos atraentes a um verdadeiro gângster, o que inclui a navalha, o clima de anos 40 e cadeiras de barbear estilo Presidente. Dona de mobília anos 20, a barbearia brinda a atualidade com televisores de Led e sistema de cardápio em tablet, e oferece serviços como barbear (R$ 50,00), corte de cabelo (90,00) e lavagem (15,00). O diferencial no cenário é a cervejaria que abriga cervejas geladas – em mais de 450 rótulos -, incluindo as alemãs Hacker Pschorr e Konig Ludwig Weissbier, e as belgas Tripel Karmelier e Vedett. Antes que a navalha toque seu rosto, o primeiro chope é servido por conta da casa.

Para saber mais:
www.barbeariacorleone.com.br

Foto: Ricardo Bassetti


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »
>