VOCÊ ESTÁ LENDO

Rabat quer ser destino de cultura

Rabat quer ser destino de cultura

Inaugurado na útilma semana, o Museu Mohammed VI (MMVI), no centro de Rabat, no Marrocos, é o primeiro museu do país dedicado inteiramente à arte moderna e contemporânea e o primeiro museu nacional construído desde 1958. A primeira exposição inaugural intitulada 1914-2014: cem anos de criação inclui 400 obras de 150 artistas marroquinos, entre eles Farid Belkahia, Mohamed Chabaa, Mohamed Kacimi, Chaïbia Tallal e Hassan El Glaoui. A inauguração do museu integra a agenda do programa Rabat Cidade Luz, Cidade da Cultura que busca transformar o destino marroquino em polo cultural.

A próxima atração componente do projeto é o Grande Teatro de Rabat que, de acordo com a planta, ocupará um terreno de sete hectares, no qual serão instalados um anfiteatro ao ar livre com sete mil lugares, um auditório com 1.900 lugares, uma sala de espetáculos (2000 lugares), alem de jardins e alamedas numa superfície de 30 mil metros quadrados. O teatro deve ser erguido no Vale do Bouregreg, perto da Torre Hassan e do Mausoléu de Mohammed V.

Para saber mais:
www.grandtheatrerabat.com
www.museemohammed6.ma


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Adicione widget aqui, por favor
Translate »