VOCÊ ESTÁ LENDO

Marcelo Ballardin: o primeiro brasileiro a receber...

Marcelo Ballardin: o primeiro brasileiro a receber estrela Michelin fora do Brasil

Quem trabalha no ramo da culinária sonha em ganhar estrelas Michelin, classificação que reconhece os melhores chefs e restaurantes do mundo. É como se fosse uma espécie de Oscar, só que voltado para profissionais da gastronomia. Surgindo em 1900, por meio de uma estratégia de marketing da famosa empresa de pneus Michelin, hoje o título é a comprovação de vários fatores, como: qualidade do produto, excelente sabor, bom atendimento e outros. No Brasil, diversos chefs já conquistaram o título, mas apenas um conseguiu esse reconhecimento fora do país, o manauara Marcelo Ballardin, que mora na Bélgica e está à frente do restaurante OAK. E para falar sobre essa conquista e sobre o mundo gastronômico, o Seu Podcast de Turismo, neste episódio, conversou com Marcelo Ballardin, o primeiro chef brasileiro a receber a estrela Michelin fora do Brasil.

A conquista

Com um currículo recheado de ótimas e renomadas experiências, Marcelo já passou por grandes e tradicionais restaurantes, como o 1 Lombard Street de Londres e pelo badalado Geranium em Copenhague. Agora, o chef está no comando do seu próprio restaurante, o OAK, localizado na Bélgica, onde mora desde 2010.

Inaugurado há seis anos, o OAK está na lista dos melhores restaurantes da Europa e é reconhecido pelos seus sabores e aromas inesquecíveis, assim como a sua modernidade. Além disso, o seu menu possui combinações de dar água na boca, fatores que foram essenciais para a conquista da estrela Michelin.

“É uma grande conquista, pois nenhum chef sabe de fato como ganhar esse título. Sabemos que o importante é manter a qualidade, que é algo essencial, mas os outros elementos é uma incógnita”, afirma Marcelo, que explica como funciona o processo. “Não sabemos que estamos sendo avaliados, os críticos vão até o restaurante como meros clientes e assim conseguem perceber melhor como se dá o funcionamento”, diz.

Apesar de vários mistérios sobre o processo, uma coisa se sabe: quem consegue passar pelo crivo, conquista a tão sonhada estrela.

“Fiquei impactado após receber o título, principalmente por ter acontecido em pouco tempo, já que o OAK só tinha apenas 3 anos de vida, foi uma sensação única”, comemora Marcelo, que destaca algumas mudanças que ocorreram após a conquista do título. “O mundo se abriu para mim e para o restaurante, fui convidado a cozinhar nas Malvivas, na Espanha, em Portugal, México e agora estou fazendo um programa de TV voltado para culinária aqui na Bélgica”, diz.

O futuro

Além da estrela Michelin, Marcelo também já conquistou o título de melhor jovem chef de cozinha da Bélgica em 2015 e ingressou na lista dos 50 Best Discovery em 2019. Com tantas conquistas, se engana quem pensa que Marcelo já não almeja mais nada. Agora, o chef está focado em conseguir a sua segunda estrela michelin.

Quer saber mais sobre Marcelo Ballardin e sobre o OAK? Confira a entrevista completa através do Seu Podcast de Turismo, nas plataformas Spotify, Google Play e Apple.

Play

 

 

 

 

Play

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »