VOCÊ ESTÁ LENDO

Exposição em Paris propõe imersão digital em Pompe...

Exposição em Paris propõe imersão digital em Pompeia

Uma exposição com muitos efeitos especiais e realidade virtual, em cartaz no Grand Palais de Paris, leva o visitante para uma viagem no tempo e no espaço até Pompeia, antes que a cidade italiana fosse destruída por uma erupção do vulcão Vesúvio no ano 79, quase dois mil anos atrás.

O visitante tem a impressão de passear pelas ruas da cidade como se elas ainda estivessem intactas, descobrindo, graças às novas tecnologias, os modos de vida da época romana e a requintada arquitetura de Pompeia.

A exposição mostra pela primeira vez objetos, afrescos e mosaicos descobertos por escavações recentes no Parque Arqueológico de Pompeia. Um dos passeios virtuais se concentra na rua do Balcão, que abriga a Casa com Jardim e a Casa de Orion, encontradas há dois anos e que guardavam verdadeira obras de arte.

De repente, no meio da visita, os visitantes são alertados por um estrondo. O Vesúvio entra em erupção diante de nossos olhos e, em poucos minutos, a cidade é soterrada embaixo de uma espessa nuvem de cinzas e rochas derretidas. A reprodução da erupção foi antes de mais nada “um desafio científico”, indica o diretor do Grand Palais. Ela é resultado de horas e horas de reconstituição e seu efeito é provocado “também pelo som que acompanha”.

Além da exposição, que fica em cartaz até 27 de setembro, o Grand Palais de Paris disponibiliza em seu site passeios virtuais por Pompeia.


Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »