As Apostas da FITA

Nesta quinta-feira, 12, o Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia foi palco para a abertura oficial da quinta edição da FITA – Feira Internacional de Turismo da Amazônia. O momento foi marcado pela presença de autoridades do turismo e do Estado do Pará que reafirmaram a importância da feira como instrumento de consolidação do turismo local. Estavam presentes Ana Júlia Carepa, Governadora do Pará, Luiz Souto, presidente da Paratur, Cleide Cilene Tavares Superintendente do Sebrae Pará, Lídia Brito, representando o Comitê de Turismo da Guiana Francesa, Wady Khayat, presidente da Belemtur e Armand O. Li-A-Young, presidente da Fundação de Turismo do Suriname.


Autoridades do turismo durante a abertura solene da FITA

A solenidade foi aberta por Luiz Souto que destacou a FITA como uma importante ferramenta para a impulsão do turismo no Pará e nos países que formam a Pan-Amazônia. “A FITA é uma oportunidade de negócios para todos os empresários que delas participam. Há ainda palestras e encontros voltados para estudantes de turismo, visando o futuro. O evento proporcionará aumento do fluxo de turistas na região”, salientou. Além das autoridades da mesa central, a abertura contou com representantes do turismo da França, Venezuela, Alemanha [pela primeira vez na FITA], Acre, Amazonas, Roraima, Rondônia, Tocantins e Rio Grande do Norte.


Ao centro, Ana Júlia e Luiz Souto cercados por Cleide Cilene e Armand O.

Segundo a superintendente do Sebrae-PA, 80% dos participantes da feira, refletem pequenas e micro empresas. “A FITA é nosso evento mais importante. É o momento em que nos expandimos e nos consolidamos como território turístico da região Pan-Amazônica”, acrescentou Tavares. Programada para oferecer rodadas de negócio para os participantes, a FITA traz como diferencial este ano o 1º Festival Gastronômico Paraense, que destacará os sabores da culinária local e arredores. “O Pará é o único na região amazônica com essa composição, e nossa população é distribuída entre várias áreas do Estado, o que garante diversidade. O Festival Gastronômico é isso”, afirmou Ana Júlia. A Governadora aproveitou o momento para antecipar que Santarém caminha para ser a primeira cidade digital do Pará, parte do projeto Navega Pará, que dará internet gratuita em praças e pontos turísticos.


Vista aérea da dos estandes da FITA, antes da abertura

Bate-Papo Rápido
Em rápido encontro, a Governadora Ana Júlia apontou para a revista Trading aqueles que ela acredita ser os pontos paraenses a serem descobertos pelo turismo nacional. “O Pará é muito bonito, destacaria Santarém, a praia de Alter do Chão, a região oeste do Estado, além de Curaçá, Salinas, Bragança e Marajó, onde fizemos um trabalho de melhoria do transporte”. A governadora também comentou as peculiaridades de seu Estado. “É um Estado que tem muita diversidade e riquezas naturais. É um Estado muito rico que começa a ser transformado agora. Sem contar que temos Alter do Chão, a praia mais bonita do Brasil”, finalizou sorridente. A partir das 19h acontece a abertura oficial do evento para público em geral.


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »