VOCÊ ESTÁ LENDO

Marcelo Mansfield fala de suas viagens

Marcelo Mansfield fala de suas viagens

Veja entrevista  exclusiva com Marcelo Mansfield 

Brasil Travel News- Conta para gente: onde você nasceu e como eram as suas viagens de infância com a família?

Marcelo Mansfield -Nasci em são Paulo… Meu pai gostava, aliás, adorava viajar. Todas as férias a gente ia pra algum lugar. Santa Catarina era mais frequente por que ele tinha amigos em Videira, além de  Foz do Iguaçu, Porto Alegre, interior de Minas. Rio no do quarto centenário, como a cidade mais maravilhosa e  Paraguay, Argentina. O sonho dele era ir até Macapá de carro. Dependendo da situação financeira mudava o carro: uma hora era um Jipe simples (verdadeira aventura pra mim e para o meu irmão… Crianças, andando por estradas ainda de terra nos anos 60); outra,  íamos de Rural; uma vovó das Pajeros ou as Tucsons de hoje. Ficamos em hotéis que iam de 0 a 4 estrelas, almoçávamos em restaurantes de beira de estrada, ou bem elaborados cardápios nas capitais. Valia tudo. Conhecemos o Brasil quase todo de carro.

 

Brasil Travel News- Você, quando adolescente, costumava acampar, dormir na casa dos amigos? Fale sobre essas viagens de adolescente…

Marcelo Mansfield- Sim. Acampei muito. Meu irmão tinha uma barraca tamanho família e alguns amigos dele também. Te confesso que não era minha predileção, mas  tive uma namorada que tinha um trailer, daí sim, achei mais confortável. No final da adolescência os pais de uma amiga minha comprou uma casa em Campos de Jordão. Aí essa mesma turma trocou o camping pelo conforto do chocolate no pé da lareira. Frequentei a casa deles por décadas. Simplesmente não se cogitava ficar em hotéis na montanha enquanto eles tiveram a casa. Somos amigos há 40 e tantos anos. Houve uma época que meu irmão comprou uma lancha e íamos frequentemente para São Vicente e região. Bons tempos!

 

 

Brasil Travel News –Sendo ator, a possibilidade de viajar a trabalho sempre é maior, certo? Conte aqui suas principais viagens a trabalho e dessas quais foram as mais engraçadas?

Marcelo Mansfield Nossa,tem espaço? (Rs). Eu adoro viajar, adoro estar em turnê e a gente mora num país enorme, que dá para você viajar por meses e mesmo assim não fazer nem a metade das cidades. Eu dou preferência ao meu Estado (São Paulo), porque gosto de dirigir. Cortar o estradão é comigo mesmo. Sempre estreio alguma cidade do interior, como Ribeirão Preto, por exemplo. Já estive em cidades que o hotel era tão simples, tão pobrinho que ao invés de box no banheiro tinha só um rodo. Outras em que o hotel era tão luxuoso que banheiro tinha jacuzzi e sais de banho. Conheci ótimos restaurantes, e alguns botecos intragáveis.  Mas tudo pra mim é diversão.

 

 

Brasil Travel News – Quais são os hotéis que você mais gosta e porque?

Marcelo Mansfield – Não tenho frescura. Mas quando estou de férias, sim, tento ficar em hotéis mais luxuosos, mas a condição básica pra mim e uma só: limpeza. Um café da manha bom, que te reforça o estômago para poder passar o dia ou passeando ou trabalhando também é essencial. No exterior gosto dos hotéis de rede: Accor na Europa e Brasil; Hilton (garden e seus derivados) nos USA; e em Portugal, sempre fico nos da rede Sana.

 

 

Brasil Travel News- Quais foram as viagens da sua vida que mais marcaram e  porque?

 

Marcelo Mansfield – Paris em primeiro lugar. Nenhuma cidade é mais fotogênica. Los Angeles, que considero minha segunda cidade depois de São Paulo; Lisboa, que nos últimos dez anos acho que fui umas doze vezes e que me faz me sentir em casa; agora, é claro que Nova York, Luxemburgo e Barcelona. Aqui, no Brasil, Aracaju, Fortaleza e Florianópolis são imperdíveis. Queria que tivesse ponte aérea entre São Paulo e Floripa. Mas a viagem que mais me marcou foi Miami/Orlando, em 1975. A Disney cheirava a tinta fresca de tão nova, e só tinha o magic Kingdon. International Drive era uma rua com poucos hotéis e Miami ainda tinha aquele glamour herdado dos anos 50.

 

 

Brasil Travel News-  Quais são as viagens que você ainda não fez, mas que estão na sua lista de sonhos a serem realizados?

Marcelo Mansfield Vienna, Moscou, Hong Kong estão na minha lista para o futuro. Para logo, Honolulu que pretendo ir em janeiro próximo depois de passar o natal com a família em Toronto (onde mora minha sobrinha e a sua família).

 

 

Brasil Travel NewsCom ascensão da classe C, muitas famílias brasileiras passaram a ter a chance de viajar. Como você analisa essa possibilidade e também como enxerga o fato de muitas famílias terem trocado o sonho de consumo de um carro, por exemplo, para o sonho de consumo de uma viagem?

Marcelo Mansfield  – Meu pai dizia que uma viagem equivalia a uma faculdade. Se os brasileiros que estão indo para o exterior, seja classe A,B ou C voltarem com a consciência da nossa falta de educação e respeito e assimilarem isso por lá, já valeu muito. Acho que todos deveriam privilegiar museus, concertos, espetáculos teatrais, shows musicais ao invés de simplesmente “trazer coisas mais baratas que as daqui”. A Europa é culta e a América do norte é civilizada e carrega um enorme amor à pátria A gente tem que trazer isso na bagagem.

 

Brasil Travel News – Liste aqui dez lugares (cidades ou países) que você daria de presente para um casal de amigos que iria se casar

Marcelo Mansfield – Paris. Depois, lógica da lógica:Rio de Janeiro,Nova York, Carmel e Boston (USA), Guimarães e Porto (Portugal), Edimburgo, Swanage (Grã Bretanha) e Barcelona (Espanha).

 

Brasil Travel News – Como você organiza a sua bagagem para uma viagem e o que você costuma levar a trabalho e a passeio?

Marcelo Mansfield – Sou prático para as viagens curtas: duas peças de cada (camisetas, meias, cuecas, calças) e mais uma camisa social, um paletó sapato e tênis. Uma nécessaire com o básico: pasta e escova de dente, creme de barbear e gillete, sabonete, xampu, condicionador, desodorante e perfume. Para as longas levo tudo que está ficando velho e vou deixando pelo caminho: meias, cuecas, camisetas, abrindo assim espaço para as novas. A nécessaire neste caso vai mais completa. Mas seja longe ou perto, longa ou curta a viagem, tento me virar com uma única mala de tamanho médio. Foi-se o tempo de três ou quatro malas. Se estou indo para um lugar frio, levo um casaco como bagagem de mão.

 

 

Brasil Travel News-  Muitas pessoas, mas muitas mesmo, acabam estragando uma viagem por causa das manias que têm. Alguns, só se sentem felizes com colchão king size; outros, somente se puder levar o próprio travesseiro e por aí vai. Você tem alguma mania que costuma carregar em suas viagens?

Marcelo Mansfield – Nada especial. Para mim. como disse, se estiver num hotel limpo esta ótimo. Mas como sou muito alto, sempre peço cama king size, lógico.

 

 

Brasil travel News – Quais são os lugares de São Paulo que você recomenda e porque?

Marcelo Mansfield-  Chácara Santa Cecília e o café do teatro Municipal para refeições pelo ambiente especial. O Horto Florestal e o Museu de Arte Moderna para passeios com a família, a noite tem Comedians Club pra dar um pouco de risada e no final de semana passear pela Oscar Freire Você não precisa comprar nada, só andar por ali, já te dá uma melhorada no astral.

 

Viagem rápida

  • País preferido: PORTUGAL
  • Estado preferido: SANTA CATARINA
  • Cidade preferida: PARIS
  • O fato mais curioso que você viu numa viagem: ENTRE RIO DO SUL E JOINVILLE, NOS ANOS 70, VI UM CAMINHÃO CARREGANDO UMA CASA DE MADEIRA..IMAGEM INESQUECIVEL
  • O lugar mais lindo do mundo: A VISTA DA URCA A PARTIR DA PRAIA DO BOTAFOGO
  •   O lugar mais feliz do mundo: PRA MIM O SUNSET BOULEVARD ENTRE HOLLYWOOD E BEVERLY HILLS
  • O povo mais hospitaleiro do mundo: CANADENSE
  • O povo mais acolhedor: PAULISTA
  • O povo mais simpático: ACREANO
  • Qual a viagem dos seus sonhos, mas que você ainda não realizou? : DO OIPOQUE AO CHUI DE CARRO

 

Para saber mais

Marcelo Mansfield

http://www.youtube.com/marcelomansfield1

 

Passaporte do viajante

Atualmente participa do programa “Agora é Tarde” (BAND), com Danilo Gentili. Integrou o elenco do programa “Zorra Total” (REDE GLOBO) como o “Seu Banana”, inspirado em um personagem de grande sucesso, o “Seu Merda”, criado para o show da Terça Insana. Foi mestre de cerimônias do Clube da Comédia, em cartaz há mais de quatro anos em São Paulo. Participou de várias novelas e minisséries, destacando-se em Mulheres de Areia, Chiquinha Gonzaga, Celebridade e Desejos de Mulher, além dos programas Mulher e Armação Ilimitada, todos pela TV Globo. Na TV Cultura, fez parte do elenco dos premiados Rá-Tim-Bum e X-Tudo. Trabalhou em O Direito de Nascer no SBT e Uma Luz na Escuridão na Record. Na década de 80 teve seu próprio programa de humor na TV Gazeta, o Marcelo Mansfield Show e por oito anos esteve à frente do TVLÂNDIA, pelo Canal de SP da TVA. Em cinema, atuou em 17 filmes, destaque para o premiado filme de Ugo Giorgetti, Festa e o cultuado Durval Discos, de Anna Muylaert, alem do trash Loira Incendiária, onde foi co-autor junto com Ângela Dip e Mauro Lima, baseado na peça de mesmo nome. Manteve uma coluna semanal por mais de um ano na Folha de SP e colaborou com várias revistas e jornais, tais como: Marie Claire, Set, Contigo, Transamérica, Jornal da Tarde, entre outros. Nesse ínterim ainda achou tempo para se dedicar a pesquisa para Bolsa Vitae e para um estágio em comédia de situação em Hollywood, acompanhando as gravações dos seriados The Nanny e The Naked Truth.

Foto home:Ronaldo Aguiar

 

 


Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »