VOCÊ ESTÁ LENDO

Mônaco: 5 lugares para comer como um príncipe

Mônaco: 5 lugares para comer como um príncipe

Numa Terra de príncipes e princesas, numa Terra de luxo e requinte, comer mal seria uma espécie de afronta à coroa. Na verdade, em se tratando de Mônaco, isso seria simplesmente impossível. Uma contagem rápida revela a presença de 170 restaurantes distribuídos por seu tímido território, onde os melhores predicativos da cozinha monegasca se apresentam à mesa, acompanhados por algumas dezenas de disputadas estrelas do Guia Michelin.

Entre uma porta e outra, o mais importante é render-se a peixes e frutos do mar que carregam frescor absoluto, ou curtir uma experiência à moda da casa, provando pratos típicos, como é o caso do fougasse, uma massa preparada com amêndoas e castanhas, e o stocafi que empresta o bacalhau das cozinhas norueguesa e portuguesa para somar molho de tomate e especiarias criando um prato único.

Na caminhada pelas ruas de Mônaco, encontrar aquele restaurante que lhe apeteça é uma missão das mais fáceis, mas nós ajudamos e criamos uma lista com cinco ótimas sugestões. Esteja apenas preparado para comer como um príncipe!

ROCA
A Roca
Há 25 anos no ar, o restaurante tem um estilo bem mais popular do que o restante. O mais interessante por aqui é provar os pratos típicos de Mônaco, a exemplo do Barbagiuan, uma massa tradicionalmente recheada com arroz e abóbora. Para saber mais: www.aroca.mc

ALAIN
Le Louis XV – Alain Ducasse

O que não faltam são motivos para entrar aqui. O primeiro deles é que a cozinha é comandada por Alain Ducasse, uma sumidade na cena gastronômica. Outro boa razão é o fato do lugar ser detentor de nada menos do que três estrelas do Guia Michelin. Instalado no interior do Hôtel de Paris, o restaurante conquista com os melhores sabores das culinárias francesa e italiana. Para saber mais: www.alain-ducasse.com/en/restaurant/le-louis-xv-–-alain-ducasse

8829388052_6716af9ea1_z
Ladurée Mônaco
Dona de renome internacional, a Ladurée, originalmente fundada como uma padaria em Paris, se transformou em sinônimo de pâtisserie da mais alta qualidade. Por aqui, não há erro ao pedir os coloridos macarons e os chocolates. Para saber mais: www.laduree.com/fr_fr/

YOSHI
Yoshi

O principado não vive somente de inspirações francesas e italianas. E a prova disto é o Yoshi, que aposta na cozinha japonesa do cheg Joël Robuchon. Instalado no hotel Metropole, o lugar é detentor de uma estrela Michelin e um excelente convite para apreciar lagosta com consommé de kombu, geleias de frutos do mar, sopas e uma extensa seleção de sakês e vinhos. Para saber mais: www.joel-robuchon.com/en/restaurants-monaco-yoshi.php

MERCADO
Le Marché de la Condamine

Quem disse que não é possível ir à feira em Mônaco? A grande diferença é que ninguém vai ao Le Marché de la Condamine comer um pastel. Fundado em 1880, o lugar está há mais de um século acolhendo pequenos produtores e floristas, todos os dias do ano. Por aqui é interessante experimentar tortas, barbagiuan e pissaladière. Para saber mais: www.visitmonaco.com/fr/…/Le-Marché-de-La-Condamine

Fotos: Hotel Metropole, Omar Chatriwala e Divulgação


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »