VOCÊ ESTÁ LENDO

Faça um viagem de realeza sem gastar muito

Faça um viagem de realeza sem gastar muito

Ao longo dos próximos dias, o príncipe William e Kate Middleton, duquesa de Cambridge, participam de uma viagem real pelo Canadá, acompanhados pelos pequenos príncipe George e princesa Charlotte. A família vai viajar pelo país até 1º de outubro, visitando as regiões de Colúmbia Britânica e Yukon. Só de imaginar um roteiro real como este, certamente, brotam cifras e mais cifras em sua imaginação, contudo, o TripAdvisor, site de planejamento e reserva de viagens, criou um guia com o qual é possível percorrer o mesmo itinerário sem gastar valores equivalentes ao tesouro britânico.

Foram selecionadas acomodações bem-avaliadas e com diária abaixo de R$ 426,00, atividades gratuitas para a família, além de restaurantes acessíveis. “Com os hotéis disponíveis para reserva no TripAdvisor, muitas atrações gratuitas e diversos restaurantes econômicos pelo caminho, uma viagem real pelo Canadá é mais possível do que imagina”, afirma Claudia Martinelli, porta-voz do TripAdvisor no Brasil.

Victoria, Colúmbia Britânica
Apesar de ser uma das cidades mais britânicas na América do Norte, há muito mais o que fazer além das inúmeras salas de chás, lojas de antiguidade e galerias. Impulsionada pelas novas gerações, a cidade vive um despertar de lojas descoladas, cafeterias autênticas e restaurantes únicos. A cidade também é campeã em ciclovias no Canadá, sendo a bibicleta uma ótima pedida para explorar esse destino pitoresco.

Onde ficar:
Hotel Zed – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 350 por noite.
Accent Inn Victoria – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 311 por noite.

O que fazer gratuitamente:
A região de Inner Harbour é um polo para a maior parte das atrações turísticas da cidade, restaurantes, compras, e, particularmente no verão, palco de festivais, shows e apresentações musicais. Para quem quer investir um pouquinho, o Victoria Hippo Tours, disponível para reserva no TripAdvisor a partir de R$ 114, oferece passeios em veículos anfíbios.

Onde comer:
The Tapa Bar – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 429 avaliações.
Rock N Rolls – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 97 avaliações.

Vancouver, Colúmbia Britânica
Em seus 150 anos, Vacouver se tornou uma cidade cosmopolita bem no meio da natureza. O destino esbanja montanhas cobertas por neves, lagos cercados por florestas, praias, histórias olímpicas e a maior ponte suspensa do mundo. Também está entre as cidades com maior diversidade étnica do Canadá.

Onde ficar:
YWCA Hotel Vancouver – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 294 por noite.
Buchan Hotel – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 311 por noite.

O que fazer gratuitamente:
Maior parque de Vancouver, o Stanley Park tem mais de 400 hectares de florestas, paisagens deslumbrantes, lagos, montanhas e trilhas, além de animais silvestres vivendo em liberdade. A piscina, o parque aquático e a ferrovia em miniatura estão entre os preferidos das crianças. O maior aquário canadense também está localizado por lá. Apesar de a entrada ser gratuita, a partir de R$ 93 no TripAdvisor é possível ter uma experiência cultural e educacional extra com o First Nations Interpretive Walking Tour.

Onde comer:
Le Crocodile – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 669 avaliações.
Banana Leaf Malaysian Cuisine – Nota 4 de 5 no TripAdvisor, com 396 avaliações.

Bella Bella e Great Bear Rainforest, Colúmbia Britânica
Bella Bella é um vilarejo localizado na ilha Campbell na costa central da Colúmbia Britânica, lar dos Heiltsuk, população indígena da região.

Onde ficar:
Shearwater Lodge – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 418 por noite.

O que fazer gratuitamente:
Formada por 8,5 milhões de hectares, a Great Bear Rainforest é um ótimo lugar para avistar ursos. É o único lugar no mundo onde se pode avistar o Kermode, uma subespécie do urso pardo, reconhecido pela pelagem branca.

Kelowna, Colúmbia Britânica e Whitehorse, Yukon

Kelowna
A cidade oferece opções para todos os gostos, desde campos de golfe, praias relaxantes, trilhas na natureza e degustação de vinhos nas vinícolas locais.

Onde ficar:
Comfort Suites Kelowna – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 384 por noite.
The Royal Anne – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 418 por noite.

O que fazer gratuitamente:
Na região sul de Kelowna, o Myra Canyon Park é tão grandioso que, quando a ferrovia foi construída, foram necessários dois túneis e 18 pontes de madeira para cruzá-lo de um lado ao outro. Hoje, visitantes podem fazer trilhas ou pedalar pela atração.

Onde comer:
Made in India – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 52 avaliações.
Banana Leaf Malaysian Cuisine – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 41 avaliações

Whitehorse
Moradia da maioria da população de Yukon, a cidade recebe todos os anos a corrida de trenós puxados por cães Yukon Quest.

Onde ficar:
Sundog Retreat – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 414 por noite.
Westmark Whitehorse Hotel – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 341 por noite.

O que fazer gratuitamente:
O cenário mais dramático da região fica no Miles Canyon, formado pelo rio Yukon cortando a lava aproximadamente 8,5 milhões de anos atrás. Se estiver com o orçamento mais folgado, o Arctic Day Hiking Tour, disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 334 por pessoa, vai garantir que aproveite o cânion ao máximo, com um grupo pequeno acompanhado por guia profissional.

Onde comer:
Giorgio’s Cuccina – Nota 4 de 5 no TripAdvisor, com 175 avaliações.
Pho Chez Noodle – Nota 4 de 5 no TripAdvisor, com 45 avaliações

Whitehorse e Carcross, Yukon

Whitehorse
O que fazer gratuitamente:
O lago Emerald tem esse nome graças à coloração esmeralda, criada pela mistura entre os limo remanescente da Era do Gelo com o cálcio nas águas alpinas. É um ótimo lugar para tirar fotos ou apenas descansar nas montanhas.

Onde comer:
The Cellar Steakhouse – Nota 3,5 de 5 no TripAdvisor, com 29 avaliações.
Green Garden Restaurant – Nota 3 no TripAdvisor, com 17 avaliações

Carcross
Ao sul de Whitehorse, o vilarejo de Carcross faz parte da corrida pelo ouro e cultura aborígene canadense.

Onde ficar:
Spirit Lake Wilderness Resort – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 286 por noite.

O que fazer gratuitamente:
O deserto Carcross é comumente descrito como o menor deserto do mundo. Os 260 hectares de areia um dia foram o fundo de um lago glacial mas, quando a água secou, apenas o “deserto” ficou para trás.

Onde comer:
The Bistro on Bennett – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 47 avaliações.

Victoria, Colúmbia Britânica

O que fazer gratuitamente:
O parque Beacon Hill, no centro de Victoria, exige bastante tempo de visita. Ele abriga quadras esportivas, campo de minigolfe, pet-zoo para crianças, parquinho, campo de críquete, diversos bosques e quantidade abundante de vida selvagem. Se preferir, explore o parque e a região central da cidade em estilo real com oRoyal Carriage Tour, disponível para reserva no TripAdvisor a partir de R$ 79 por pessoa.

Onde comer:
Masala Bites – Nota 4 de 5 no TripAdvisor, com 133 avaliações.
The Fernwood Inn – Nota 4 de 5 no TripAdvisor, com 128 avaliações.

Haida Gwaii, Colúmbia Britânica
Antes conhecido como Queen Charlotte Islands ou The Charlottes, o arquipélago é habitado em sua maioria por aborígenes da região. A aldeia SGang Gwaay é tombada pela Unesco como um dos únicos exemplares autênticos de vilarejos indígenas na costa oeste.

Onde ficar:
Hiellen Longhouse Village – Disponível para reserva no TripAdvisor por R$ 418 por noite.

O que fazer gratuitamente:
O centro de memória Haida Heritage Centre celebra a cultura aborígene do povo Haida na ilha. Há uma pequena taxa para visitar o centro, mas considerando que ela dá acesso ao museu, casa de performances, barracão de arte, casa da canoa, centro educacional e refeitório, o preço compensa.

Onde comer:
Charters Restaurant – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 96 avaliações.
Sherri’s Gas Bar & Grill – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 24 avaliações

Victoria, Colúmbia Britânica

O que fazer gratuitamente:
Sede da assembleia legislativa da Colúmbia Britânica, British Columbia Parliament Buildings, está aberta ao público durante todo o ano. Os visitantes podem aproveitar passeios guiados de segunda à sexta-feira na maior parte do ano.

Onde comer:
Thai Green Elephant Restaurant – Nota 4,5 de 5 no TripAdvisor, com 41 avaliações.
Romeo’s Place – Nota 4 de 5 no TripAdvisor, com 66 avaliações

logo-trip

Site de planejamento e reserva de viagens


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »
>