VOCÊ ESTÁ LENDO

Em Jericoacoara, à espera da casinha de sapê

Em Jericoacoara, à espera da casinha de sapê

Ela não fica vazia. Nunca. A vida parece sempre pulsar de maneira irreverente em cada uma de suas tímidas seis, sete ruas. O tempo todo. Quando a luz do sol desperta, pessoas de tipos e dos mais variados estilos se aventuram num mar de água morna, enquanto no fim de tarde o encontro acontece, tradicionalmente, na Duna Por do Sol. Por motivos óbvios: ali está um dos mais belos espetáculos da natureza, quando o sol encena sua despedida no horizonte do oceano, pontualmente, às 17h45. O momento é temperado com o clássico clima de tranquilidade, já que, no topo da montanha de areia, os únicos ruídos que chegam aos ouvidos são as ondas do mar e as micro tempestades de areia que tocam os pés. Apenas por esta experiência, você já poderia jurar amor eterno à Praia de Jericoacoara, a estrela maior do turismo cearense.
c redito Lizandro Chrestenzen I
A vila ainda vive da pesca artesanal

Parte fundamental do município de Jijoca de Jericoacoara, a praia requer esforço para ter sua beleza contemplada, uma vez que, além das quatro horas de viagem de carro a partir da capital Fortaleza, o acesso a ela é feito somente de duas maneiras: pela estrada de dunas ou pelo bairro de Preá, preferencialmente em carros com tração 4×4. No entanto, as trilhas desenhadas na areia fina desaparecem no ir e vir do vento, e daí somente com a ajuda dos guias turísticos locais é possível chegar ao que parece um oásis, já que superada as centenas de pequenas dunas, o caminho revela um vilarejo, com um punhado de ruelas de areia. Desde sua estreia no turismo nacional, no início da década de 90, Jericoacoara – ou simplesmente Jeri – foi amada diversas vezes. E por este motivo teve sua beleza e sua rusticidade aclamadas nas mais distantes fronteiras, na boca de turistas que tentavam em vão dizer o indizível. Afinal, Jeri é um experimento sensorial particular.

Desenhada para tipos sem frescura, a região atrai a ala dos surfistas que desemboca aqui tanto pelas ondas, quanto pela paisagem, assim como, abriga em harmonia os turistas de todas as partes – principalmente os estrangeiros – que buscam aquela vibração positiva, onde cada dia corre devagar, como uma simples brisa. Jeri não tem bancos, ou postos de gasolina. Tampouco salões de cabeleireiros e rede de fast food. Jeri tem alma. Aliás, uma alma divertida onde cabem centenas de lojinhas – algumas delas com chão de areia – e grande variedade de restaurantes, nos quais é possível apreciar culinária regional da melhor qualidade, a exemplo da peixada do restaurante Mosquito Blue, ou aventurar-se na gastronomia internacional proposta pelo Tamarindo, uma parada obrigatória, que rende sucessos como o risoto de pera e gorgonzola servido com contra filé. A sobremesa pode ser descomplicada: um gelato de cookies da Gelato & Grano.
credito Chaval Brasil
Esplendor da Pedra Furada, um dos principais pontos turísticos da região

Se ela é dona de um ritmo particular, ela também pode funcionar de maneira peculiar. Durante o dia, lojas de souvenires estão todas praticamente fechadas. À noite, todas reluzem com opções de artesanato colorido típico, assim como, joias feitas em capim dourado e artigos de luxo em couro. Todo o comércio segue aceso até 23h, ou até o último cliente. Com exceção da padaria Santo Antônio que abre apenas das 2h às 6h. A música segue de bar em bar, de restaurante em restaurante, e daí é só descalçar-se dos chinelos para dançar com os pés na areia, e celebrar o que você tiver em mente. Na dúvida, às sextas-feiras há samba na praça, e animação em todos os outros dias lá no Beco do Forró. Se a gastronomia agrada a diferentes paladares, e a vida noturna conquista novos adeptos a cada 24 horas, a hotelaria é um pequeno fenômeno, posto que em quase todas as ruas é possível encontrar uma opção de hospedagem: de campings a hostels, de pousadas a hotéis, e mais recentemente os empreendimentos boutique. E daí fica ao seu critério experimentar acordar sob o olhar dos céus, ou desfrutar do café da manhã admirando o mar.
De olho no público que investe em conforto mesmo estando no paraíso, o Blue Group expandiu seu alcance, e indo além da Pousada Blue Jeri e do hotel quatro estrelas MyBlue, inaugurou o Blue Residende com 44 apartamentos amplos, ideais para grupos familiares, ou para os velejadores que escolhem Jericoacoara e preferem preparar a própria refeição em ambiente requintado. Contudo, quem ocupa o topo do portfólio do Blue Group é o Essenza, produto de luxo que alia suítes com piscinas privativas a um cenário refinado, no qual o cliente é sempre cativado com mimos que vão desde o tradicional espumante no check in até espetinhos de frutas servidos na beira da piscina principal. Na vista, outro privilégio: o esplendor da Duna Por do Sol. Dono de 30 suítes, o Essenza oferece amenities Boticário, e aposta nas combinações do chef Paulo Maneira, ex-funcionário do Copacabana Palace, para desenhar um menu de sabores e de sensações.
ESSENZA3
Ritmo cinco estrelas nas instalações do Essenza

ESSENZA
Hotel oferece conforto, design e serviços de alta qualidade

Mesmo que comer frutos do mar fresquinhos e relaxar ao sol observando a praia sejam as atrações prediletas de todo turista que chega à vila, é um desperdício não curtir o roteiros clichês que Jeri pode oferecer, afinal, apesar da uma hora de caminhada, a Pedra Furada segue como um recanto. Se você der a sorte de não encontrar com os grupos de excursões, pode apreciar o por do sol, andar calmamente pela areia coberta de conchinhas e ainda reservar um tempo de silêncio num cenário deserto. Na face oposta, com muito mais infraestrutura, mas acessível somente com a ajuda dos guias turísticos, a Lagoa do Paraíso é uma espécie de Caribe formado com as águas da chuva. Com 14 quilômetros de extensão, a Lagoa é tomada de viajantes que não resistem ao prazer de curtir o sol em redes alojadas dentro da lagoa. Dali, quando os olhos ganham o horizonte, o único desejo é não voltar para casa.
MINHA JERI
Há mais de 15 anos fã confessa de Jericoacoara, a empresária Paula Simões apresenta as rotas para aproveitar o melhor da praia mais famosa do Brasil, como um autêntico morador
PAULA

Bom dia nas dunas
“Caminhar bem cedinho pela praia indo e voltando pela Duna Por do Sol. Pode parecer bobagem, mas é uma experiência que traz sensações incríveis. É lindo demais ver o sol tomando força e trazendo diferentes tons coloridos para a areia e para o mar”

Samba na Vila
“Curtir o Samba da Benção. Samba de raiz que anima as noites de sexta-feira na Vila. Samba de qualidade sob uma frondosa árvore e o céu”

Mergulho no Paraíso
“Descansar na Lagoa do Paraíso. E por lá, adoro o restaurante do Paulo”

Jantar ao luar
“Aproveitar da gastronomia da Vila. Agora, ainda mais, com um menu degustação maravilhoso à luz do luar assinado pelo chef Paulo Maneira, no restaurante do Essenza Hotel”

O sol mais lindo
“Maravilhar-se com o por do sol”

Menu hotelaria
“O Essenza traz a essência de bem servir na melhor localização de Jeri. O MyBlue apresenta jardins lindos e serviço agradável para deixar Jeri ainda mais especial, enquanto o Blue Residence reúne todos os serviços de um hotel com o conforto de uma casa em frente ao mar”

É coisa nossa
“Ir à Praia da Malhada. É o refugio dos moradores quando eles querem aproveitar a praia”

Quem é Ela
A empresária Paula Simões é uma das sócias do Blue Group, que atua em Jericoacoara através da Pousada Blue Jeri, e dos hotéis MyBlue, Blue Residence e Essenza. Com uma relação constante com a região há mais de 15, a paulistana já se considera uma moradora local, admiradora de todos os potenciais de Jericoacoara.

Para saber mais:
Setur Ceará www.setur.ce.gov.br
Blue Residence Hotel blueresidencehotel.com.br
Essenza Hotel essenzahotel.com.br
MyBlue Hotel www.mybluehotel.com.br

Fotos: UL, Lizandro Chrestenzen, Chaval Brasil,


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »