VOCÊ ESTÁ LENDO

Chuva agrava situação dos cafés de Paris atingidos...

Chuva agrava situação dos cafés de Paris atingidos pela pandemia

Guillaume Artru, co-proprietário de um dos milhares de cafés em Paris, viu seus negócios serem afetados primeiro pela Covid-19. Depois, por um dos mais rigorosos regimes de isolamento da Europa. E agora, tem um novo adversário: o clima.

O governo aliviou as restrições em 2 de junho, permitindo que restaurantes, bares e cafés franceses reabrissem após semanas de paralisação forçada por causa do coronavírus.

Mas em Paris, os clientes podem ser atendidos apenas em locais ao ar livre. Vários dias de tempo nublado e chuvoso transformaram as refeições ao ar livre em uma proposta encharcada.

“Somos muito dependentes do clima”, disse Artru em seu restaurante Le Garde Temps. “Não podemos deixar nossos clientes entrar e, ultimamente, desde que reabrimos, o tempo não está bom.”

Em Paris, nesta semana, alguns frequentadores dos cafés enfrentaram o clima envoltos em casacos e lenços. Os toldos retinham um pouco da chuva.

Mas os donos de restaurantes disseram que o número de clientes – já limitado por causa da restrição de refeições no interior – caiu, tornando ainda mais difícil obter lucro.

“Nos terraços, ficamos vítimas do mau tempo. Se estiver chovendo, não podemos mais trabalhar, ou talvez entre 50 e 30%”, disse Jean Mathieu, representante na região de Paris do sindicato de restaurantes e hotéis UMIH.

O setor de hospitalidade está pressionando o presidente Emmanuel Macron a permitir que os clientes sejam atendidos em ambientes fechados em Paris.

chuva-agrava-situacao-dos-cafes-de-paris-atingidos-pela-pandemia

(com informações da Reuters)


Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »