VOCÊ ESTÁ LENDO

Berlim sem pesar no bolso

Berlim sem pesar no bolso

Em 2011 tive a oportunidade de passar inesquecíveis 30 dias desbravando a capital alemã. Ao meu julgamento Berlim não é uma cidade cara, aproveita-se, come-se e bebe-se muito bem a preços bem interessantes. Para poder curtir as inúmeras opções culturais é preciso um planejamento bem feito, e neste sentido, a minha dica é o Museumspass, que além de reforçar a organização, também contribui com a sua economia. Por apenas 24 euros você poderá entrar (sem enfrentar filas) em quantos museus quiser – e puder – durante 3 dias consecutivos.
BTN7_RaphaAretakis (2 de 2)
Detalhe do Bus 100 que passa por diferentes pontos turísticos

Outra dica quente é fazer um city tour naqueles ônibus de dois andares, sabe? Só que a novidade é que em Berlim você pode fazer isso usando o transporte público. É que o famoso Bus 100 faz grande parte do seu percurso pelos principais pontos turísticos. E o melhor: você só gasta 2,60 euros. Se quiser descer em cada ponto, por 6,70 euros você adquire o bilhete que dá direito a andar em todos os transportes quantas vezes quiser durante um dia inteiro. Aí é só correr para o primeiro andar, sentar na janelinha e aproveitar a viagem.

Quer ver três quilômetros de pura arte? Vá até a East-Side Gallery! Uma parte do muro de Berlim, às margens do rio Spree, que é preservada até hoje está lá e foi cedida para exposição de trabalhos dos mais variados artistas. Por lá não se coloca a mão no bolso, o muro é uma galeria a céu aberto e você pode visitá-la a qualquer hora do dia ou da noite.
BTN7_RaphaAretakis1 (1 de 1)
Comer gastando pouco é fácil em Berlim

Quando bater a vontade de forrar o estômago as opções se mantêm inesgotáveis! Vão de um simples brezel, passando pela currywurst e o kebab, delícias que não pesarão nem um pouco no seu bolso. Essas são algumas dicas básicas de como aproveitar a cidade sem gastar muito e, ainda assim, voltar para casa muito bem impressionado. Berlim oferece muito mais durante o ano todo, de festival das luzes a concertos gratuitos ao ar livre. Agora, é só se informar bem antes de viajar e curtir o melhor da capital alemã. Em Berlim, a satisfação é garantida.

Para saber por onde eu ando acesse: www.raphanomundo.com


Rapha Aretakis é travel writer e criadora do Raphanomundo. Recifense, acredita que o mundo é muito grande para continuar parada no mesmo lugar. Hoje vive em Curitiba após temporadas em Stuttgart, Berlim e São Paulo. www.raphanomundo.com

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »