Sabe quando arrepia?

Esta noite de sexta-feira, 8, foi uma daquelas que guardarei para o resto da vida. Nunca havia pulado carnaval, em nenhum lugar. A estréia aconteceu de maneira dupla, já que além de desembarcar pela primeira vez em Recife, também experimentei o que é o carnaval, numa fonte densa, que mina energia, verte amor pela festa e respeito pelas tradições. Após o rufar dos tambores anunciando a chegada oficial do carnaval, a pele simplesmente arrepiou. Recifenses e turistas celebraram em uníssono. Era a hora de começar a explodir em felicidade ao longo dos minutos que só terminarão na próxima terça-feira. E por aqui a ordem é aproveitar a festa da maneira que você julgar confortável. Vale pular, sambar, dançar junto ou separado, e até mesmo, arriscar o frevo. Maracatu, axé, forró, arrocha, rock, sertanejo e outros ritmos são transformados em sons perfeitos para ferver! O corpo logo na primeira noite testa seus limites. Mas é impossível ficar parado. Não há como deixar de ferver, paquerar e curtir este momento que certamente você levará para sempre. E o que dizer da sensação de ver Naná Vasconcelos comandar o carnaval e o maracatu aos 69 anos, mas com energia de um garotão? Inesquecível!


Flávia Lelis, editora de conteúdo online e amante de viagens por natureza

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE
Translate »
>