Aruba aventureira

Trabalhando no mercado de aviação, eu tive o privilégio de conhecer lugares interessantes e muito bonitos. Sempre havia países diferentes em minha agenda, e a princípio parecia que aterrissar em um só seria um pouco estranho, mas o meu destino final foi perfeito: Aruba. Eu já conhecia essa ilha paradisíaca de outras paradas, mas foi em 2013 que comecei a trabalhar diretamente com ela, na Autoridade de Turismo de Aruba. Foi aí que a conheci a fundo, e não mais em visitas convencionais de turista.
Bondinho turistico Credito ATA
Bondinho é uma das atrações de Aruba

Com 181 quilômetros quadrados, a ilha tem muitos lados fascinantes e um sem-fim de atrações. E naquele ano, passou a ser meu trabalho incentivar as pessoas a visitá-la. Eu admito, é fácil trabalhar com Aruba e muito prazeroso. A ilha faz a sua parte muitíssimo bem. Quem não quer conhecer um pequeno paraíso no Caribe, com um verão eterno, sem chuvas, praias de areia branca, mar azul, longe da rota de furacões e de água transparente? Sem contar a facilidade de comunicação e a população extremamente receptiva.
Flamingos na Renaissance Island Aruba Credito ATA
Os flamingos da ilha Renaissance

Não é à toa que esse país atrai tanta gente do mundo todo. É verdade que é um destino incrível para casais e para famílias, mas o que eu realmente gosto é o lado mais aventureiro da ilha. Muita gente conhece Aruba só pelas praias, mas o tesouro do país é o Parque Nacional Arikok, que compõe quase 20% da ilha. São 3.200 hectares de paisagens inesquecíveis com grande variedade de animais livres na natureza. O visual é incrível, desértico, arenoso, e as praias são rochosas e selvagens, com o mar mais bravo, já que essa parte da ilha tem muito mais vento (tanto que é dentro do parque que estão as dez turbinas eólicas que abastecem a ilha com energia elétrica). Ali dentro também estão cavernas inigualáveis, como a Fontein, que possui pinturas rupestres dos índios que ali viveram.
Parque Nacional Arikok Credito_ATA
Passeios de 4×4 pelo parque Arikok são espetaculares

Minha maneira preferida de explorar o Parque é em um 4×4. É libertador dirigir pelas estradas de terra em um lugar que é pura natureza. Esse passeio pelo Arikok pode significar muita adrenalina e emoção para os mais aventureiros, e um reencontro com a natureza e o equilíbrio para os mais tranquilos. Vale a pena conferir.

Hi-Winds Kitesurfe Free style

Além das cavernas e praias, é dentro do Parque que está a famosa Conchi, também conhecida como “Piscina Natural”. É talvez um dos lugares mais impressionantes de toda a ilha. Uma pequena depressão é rodeada por pedras numa formação rochosa que acabou criando uma piscina de águas tranquilas, protegida das ondas ferozes que criam um verdadeiro espetáculo quando atingem a parede de pedras que separa Conchi do oceano. Também é um ótimo lugar para fazer snorkeling.
Piscina Natural Conchi 1 Credito_ATA
A famosa piscina natural Conchi

Além das aventuras no Parque Nacional Arikok, também gosto muito de praticar esportes náuticos. Aruba tem condições tão perfeitas para isso que acabei me encantando. Windsurfe e stand-up paddle são os meus favoritos. E confesso: foi nas águas rasas e tranquilas de Fisherman’s Hut que consegui ficar em pé na prancha pela primeira vez – tanto a de windsurfe quanto a de SUP. Agora, a cada visita ao país, preciso praticar um pouco.

Aruba é um espetáculo! E de sol a sol está recheada de aventuras!

Fotos: ATA, Robert Fabisak e Gladstone Campos


Carlos Barbosa é diretor da Autoridade de Turismo de Aruba e já visitou a Ilha Feliz mais de 20 vezes

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE