777

Esse foi o dia em que cheguei aos Estados Unidos, lugar em que eu começaria uma nova etapa da minha vida: 07/07/07. Um bom presságio, considerando que eu trabalho para uma companhia aérea que tem em sua frota o emblemático Boeing 777. Certamente, a decisão foi minha de vir para os EUA e contei com o apoio de muitas pessoas para tornar isso possível, contudo, quando chega a hora, você se sente um pouco ansiosa sem saber como será sua experiência.
chi d

Trabalhando na United Airlines, tive a sorte de morar em duas das maiores cidades americanas: Chicago, a terceira maior, e Houston, a quarta maior em população. Ambas ótimas cidades, porém muito diferentes. De maneira geral, em Houston o clima é quente, e em Chicago, é frio. Em Houston se dirige, em Chicago se anda. Em Houston tudo é grande – da comida, às casas e às ruas -, em Chicago, não. No entanto, algo que encontrei em comum às cidades é quão amigável as pessoas podem ser. Se alguém vir você na rua olhando para um mapa e tentando se localizar, certamente tentará ajudar, mostrando como chegar ao local desejado, e alguns, no extremo de sua gentileza, chegam até a se oferecer para levar você ao seu destino.
houston
Um dos meus cliques em minhas andanças por Houston

Houston é uma cidade fantástica, mas ainda é um diamante escondido. Eu recomendaria que as pessoas visitassem o Galeria para compras, o distrito dos museus e curtissem a região em algum dos ótimos restaurantes de Midtown. E se você puder escolher a época do ano para ir, as primeiras semanas de março são uma excelente opção, pois é quando a cidade recebe o Rodeio que, aliás, é muito maior do que os rodeios no Brasil. A organização é impecável, e vai além das demostrações dos cavalos e leilão de gado, já que contam também com shows de grandes bandas como Maroon 5. Eu fui ao evento todos os anos enquanto morava em Houston e quero voltar.
chi
Um dos pontos turísticos mais famosos de Chicago, o Cloud Gate, no Millenium Park

Chicago. Antes de começar, tenho uma recomendação: se voce já foi à Nova York e gostou, então vá à Chicago numa próxima oportunidade. Sim, Nova York é linda, e você pode voltar muitas vezes, mas antes disso permita-se visitar a maravilhosa Chicago. Não há como se arrepender! Eu nunca me interessei pela cidade até me mudar pra cá e agora estou apaixonada por esse lugar, que tem estações do ano muito bem definidas. Mas se puder evitar o inverno, esta é minha dica. Recomendo a orla do Lago Michigan que é linda e fica perto dos lugares mais famosos de Chicago: a Magnificent Mile, o observatório do John Hancock Building, Navy Pier, o Art Institute e o Millennium Park. E você ainda pode pegar um tour pelo lago, alugar uma bicicleta e fazer o que quiser ao ar livre.

Durante o verão há muitos festivais de música, culturais, gastronômicos e muitos outros. Eu, mesmo não sendo turista, aproveito as atrações e a beleza da cidade, assim como a grande parte dos moradores locais. E a cidade em si é um presente para seus olhos… Todas as pessoas estão na rua quando o clima está bom, fazendo pic nic ou tomando sol só por que ele deu o ar da graça depois de um longo e, muitas vezes, rigoroso inverno. Você consegue sentir a energia de Chicago.
chi club
Outro conforto em Chicago é o Lounge da United

Eu estou nos Estados Unidos há quase dez anos, e ainda me encanto com tudo aqui e convido a todos a vir pra cá, seja como turista, seja para morar, pois o simples fato de passar por aqui, faz com que você se sinta em pequenas férias a cada dia.

Fotos: PROGeoff Livingston, Divulgação e Sandra Kaspar


Sandra Kaspar é Diretora de Desenvolvimento de Negócios e Vendas da América Latina para a United Airlines. Brasileira, há dez anos ela mora nos Estados Unidos

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

comentários

INSTAGRAM
SiGA A GENTE